A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia divulgou recentemente dados do CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados que, segundo análise do Sebrae, mostrou que, apesar de em 2018, o país ter 37,5 milhões de trabalhadores na informalidade de um total de 91,8 milhões de ocupados, houve um aumento considerável na geração de vagas de empregos no início de 2019.

As micro e pequenas empresas foram as principais responsáveis por essa manutenção do nível de emprego no país. A exemplo do que ocorreu ao longo de todo o ano passado, elas mantiveram o saldo positivo com a geração de 60,7 mil vagas de empregos formais no país.

Segundo o presidente do Sebrae, João Henrique de Almeida Sousa, “os pequenos negócios continuam sendo a locomotiva que mantém a economia brasileira em movimento, em especial no que diz respeito à manutenção do nível de emprego”.

Franquias
A retomada do movimento de expansão das redes e a chegada da reforma trabalhista, favoreceram no aumento das contratações no franchising, o setor registrou alta de 8,8% no número de vagas abertas em relação ao ano de 2017.

A Associação Brasileira de Franchising, afirma que a criação de modelos de negócios mais baratos ajudou impulsionar a expansão das redes e com isso, o crescimento da modalidade. Quem comprova esse ponto é a Seguralta, empresa com mais de 50 anos no mercado e que está entre as 15 maiores redes de franquias do país.

A rede possuí dois modelos simplificados de negócios – Home Office e Basic – que foram projetados para atender as necessidades dos franqueados de maneira rápida e eficiente.

Reinaldo Zanon, CEO da Seguralta, afirma que a criação desses modelos foi essencial para o crescimento da rede. “Mesmo com o país passando por uma crise, crescemos consistentemente tanto em novas unidades como também na performance das franquias que estão em funcionamento. Trabalhamos duro junto com os franqueados para que nossa meta seja possível”, afirma.

Esperamos que esse artigo tenha ajudado você. Conte sempre conosco!

Fonte- ecommerce news

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat